18/05/2015 voltar

Queiroz Galvão Energia inicia primeiro módulo do projeto social Educar para Prevenir em Caldeirão Grande-PI

Tendo como um dos seus principais pilares de atuação, o compromisso com temas sociais e ambientais e a permanente atenção às realidades das comunidades onde atua, a Queiroz Galvão Energia (QG Energia) deu início a mais um importante projeto social: Educar Para Prevenir.

A iniciativa, que tem como foco a comunidade de Caldeirão Grande-PI, é realizada em parceria com as secretarias de Saúde, Educação e Ação Social, com a assessoria do Centro de Prevenção às Dependências do município, onde, atualmente, a QG Energia está construindo dois novos complexos eólicos, Caldeirão I e Caldeirão II que, juntos, somam 144 aerogeradores e 388,8 MW de capacidade instalada.

O Projeto Educar para Prevenir consiste na formação de profissionais da rede municipal, dentre professores, diretores de escolas, agentes comunitários de saúde, médicos, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, membros do Conselho Tutelar, bem como gestores das secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social, sobre temas relacionados ao uso de álcool e outras drogas, assuntos sobre sexualidade, vulnerabilidades para DST/AIDS e gravidez precoce.

Esse projeto foi concebido de forma conjunta, pela QG Energia e os gestores municipais, a partir de demandas e necessidades do próprio município de Caldeirão. O objetivo principal é capacitar os profissionais locais para atuarem junto aos adolescentes, jovens e suas famílias, para prevenir o aumento de problemas relacionados aos temas-centrais do projeto.

Nos últimos dias 8 e 9 de maio, a QG Energia realizou o primeiro módulo, com a presença de 70 profissionais de diversas áreas. Esses profissionais participaram de dinâmicas, leitura e análise de textos de apoio e discussões em grupo sobre temas relevantes. O grupo também recebeu tarefas para serem executadas ao longo do mês de maio sobre os tópicos abordados no módulo e a realização de um breve diagnóstico sobre o consumo de álcool e drogas entre jovens e adolescentes.

As etapas de formação terão a duração de seis meses, sendo realizado um módulo a cada mês. Com o conteúdo adquirido a cada módulo, a QG Energia, junto com o Centro de Prevenção às Dependências, irá construir as bases do Programa PRÓ-VIDA, que será implementado nas escolas, unidades de saúde e serviços de assistência social do município de Caldeirão Grande do Piauí.
 

Galeria de Fotos